10 ALIMENTOS ESTRANHOS QUE VOCÊ NÃO GOSTARIA DE PROVAR

10 ALIMENTOS ESTRANHOS QUE VOCÊ NÃO GOSTARIA DE PROVAR

A culinária é muito ampla, existem infinitos tipos de comidas pelo mundo, e o que não falta é novos pratos sendo criados, mas tem algumas coisas que acabam sendo bem estranhas, seja pelo seu formato ou como é feito esse alimento.

Então eu espero que você não esteja comendo nada, enquanto lê este post, porque vou falar dos 10 alimentos estranhos que você não gostaria de provar.

Você vai ver aqui sobre ovos feitos na urina, sopa de sangue e até uma carne de tubarão que te deixa bêbado.
Então esteja preparado. Eu sou a Hics, e sejam bem vindos ao Photo Hics Curiosidades.


1- Cazu Marzu

É um queijo feito na Itália e pelo leite da ovelha, mas seu processo de fabricação é o mais nojento do mundo.
Tanto que sua produção foi proibida pelos órgãos de saúde da França, mas mesmo assim ainda é comercializado no mercado negro.

Isso, porque para ele ser feito, ele é largado no ambiente e as moscas chegam nele e largam os ovos que formam as larvas no queijo, isso faz com que o queijo passe por um processo muito nojento de fermentação, e só o processo em si das larvas que comem o queijo, e apodrecem ele, já podemos imaginar o cheiro horrível desse queijo.

E tem duas maneiras de comer o queijo, tem gente que coloca o queijo dentro de um saco tira o ar e sufoca as larvas para elas morrerem, outros que preferem comer o queijo com as larvas mexendo mesmo.
Pra mim às duas alternativas são bizarras.

2- Escamoles

Falando em Larvas, vamos ao prato de larvas de formiga.
As formigas em alguns lugares do mundo, são consumidas por dizerem ser muito nutritivas.

Mas fica bem mais complicado quando usam não só a formiga para fazer pratos, mas também as larvas das formigas.
Você pode encontrar essa iguaria no México, é um prato chamado ESCAMOLES, que muita gente pode confundir com um feijão branco, mas de feijão não tem nada. E também é conhecido como caviar de inseto. Eu tenho que confessar que não me apete-se em nada isso.

3- Hákarl

É um prato islandês que é um tubarão podre. Calma aí que vou te explicar como é isso.
Eles usam para fazer essa iguaria o tubarão do Groenlândia que é venenoso, e ele provoca uma sensação de uma embriaguez extrema.

Ou seja, além de ser venenoso, ele ainda te deixa bêbado, pra mim, é uma carne que não deveria ser consumida, não parece muito seguro.

Mas como ela esta nesta lista, o ser humano encontrou um meio de fazer essa carne, para tirar esses probleminhas da carne, que consiste em enterrar a carne do tubarão no subsolo com pedras, para fazer pressão suficiente para drenar os fluidos do animal e ir embora o veneno.

Depois desse processo, eles deixam para secar, colocam para apodrecem e ai pode ser consumido.
Eu passo uma comida dessa.

4- Lula voadora

Também conhecida como lula voadora japonesa é conhecida por este nome pela capacidade de impulsionar bem rapidamente, parecendo que ela esta voando.

E fazer pratos dessa lula é bem comum no leste asiático. Mas no preparo no animal, deve ter muito cuidado, pois pode estar cheio de espermatozoides.
E como assim? Pode deixar que te explico.

Um caso conhecido, foi de uma mulher coreana que cozinhava essa lula inteira viva em água fervente, quando antes de estar totalmente cozida ela pegou um pouco para experimentar, para ver como estava o tempero, algo normal, que todos nos fazemos como vamos cozinhar algo.

Mas na mesma hora que ela experimentou seu prato, ela sentiu dores agudas na língua e na gengiva, e mesmo depois dela cuspir o alimento na hora, ele teve a sensação de ter insetos se mexendo na sua boca, por conta disso ela foi ao médico, e eles removeram vários espermatozoides de lula da sua boca.
Só de ter o risco disso acontecer, eu passo um tipo de prato desse.

5- Percevejo

O percevejo é um pequeno inseto bem desagradável, porque ele tem um cheiro horrível.
Eu mesma já vi vários e sempre é um incomodo quando esse inseto vai à roupa e deixa um cheiro bem ruim nela, principalmente quando ele é morto, o cheiro é intragável.

Por isso é difícil pensarmos nele como um alimento, mas na Indonésia ele é uma iguaria bem comum, eles consomem este inseto.

E dizem que ele tem sabor parecido com sementes de girassol, só que mais amargo.
Eu fico imaginando, como a pessoa consegue comer um inseto desses, se eu nem consigo ficar perto por causa do mau cheiro dele.

6- Sashimi de Frango

Eu amo comida japonesa, mas é preciso ter cuidado onde você come essa comida, pois tem muitos pratos com peixe cru, e se o preparo não for bem feito, você pode passar muito mal ou até morrer.

É algo bem sério mesmo. Mas mesmo sendo cru, alguns peixes da para comer, mas carne crua, já é outra história.
O sasshimi de frango, vem preocupando os órgão sanitários, pois o frango pode conter salmonela que é uma bactéria que tem várias doenças prejudiciais ao ser humano.

Inclusive um homem que disse consumir esses sasshimis de frango, contraiu a salmonela e foi parar no hospital e quase ficou cego e ficou com o pulmão todo inchado. Ele não morreu, mas foi quase.
E é por isso que é melhor não ariscar, se você gosta de sashimi, fica só no peixe cru mesmo.

7- Três Squeaks

Esse alimento é muito consumido na China e consiste em comer ratos recém nascidos. Só de falar já deu um embrulho no estomago.

E além de ser uma prática muito nojenta é muito crueu, porque o nome Squeaks é uma piadinha que as pessoas fazem com eles.

Por conta deles serem comidos vivos, nas três primeiras mordidas, antes deles morrerem, ele emitem sons de dor, parecendo um som de SQUEAKS.
Eu nem sei mais o que dizer, só que o ser humano, passa dos limites.

8- Sopa de Sangue

Chega aquele friozinho, e muita gente já quer preparar aquela sopa deliciosa, minha mãe faz umas sopas muito boas. Mas essa sopa aqui em especial, não parece nada apetitosa, porque assim como o nome diz, é uma sopa de sangue.

E ela é muito comum na lituânia e polônia e servida como comida de rua no Vietnã. O sangue pode ser de muitos animais, como coelho, pato, ganso e galinha.

E o caldo é feito com sangue e os outros ingredientes é de uma sopa normal, vai carnes e um pãozinho para acompanhar. Mas de normal, essa sopa não tem nada, eu não encararia isso não.

9- Suco de Sapo

O Peru á uma vitamina bem peculiar, para não dizer nojenta. Mas incrível que pareça é bem consumida por lá, eles consomem todos os dias de manhã, no café da manhã, porque dizem ser milagroso, podendo até curar doenças difíceis de serem curadas.

A dona do restaurante mais famosa que vende este suco, faz ele a mais de 19 anos. E em média 80 copos por dia são feitos.

Ela pega os sapos mortos, mas crus e sem pele e joga no liquidificador com caldo de feijão-branco, mel, aloe vera e vários condimentos. Eu tenho pavor de sapo, e nem chegria perto de uma bebida dessa.

10- Ovos na urina

Também conhecidos com ovos de virgem esse prato é uma iguaria em uma cidade da China e é feito como uma tradição ancestral de primavera. Realizados a muito e muito anos, mas como os ovos são feitos, já me da aquela aflição né, porque não é nada normal.

São ovos cozidos na urina de meninos com menos de 10 anos de idade. Na primavera, os moradores saem para coletar baldes de urina dentro das escolas, eles colocam os baldes no chão e deixam os meninos fazem xixi a vontade lá.

E depois de coletar, eles usam a urina para ferver e coloca os ovos para ferver junto, mas imagina se um ovo cozido na água pode rachar e se acontece isso na urina.

E mesmo que essa tradição seja feita 1 vez no ano, tem lanchonetes especializadas em fazer isso, e servem este prato todos os dias. Alguns moradores de outras cidades disseram que o gosto não é muito bom e também não é nada higiênico.

Então é isso, esses foram os 10 alimentos estranhos, para não dizer nojento, que eu tenho certeza que você não gostaria de provar, então comenta aí em baixo se eu tenho razão, porque pelo menos eu, não provaria nenhum desses, da até uma coisa ruim, só de lembrar.

E sabe este post inteiro, eu fiz um vídeo, assiste ele e depois comenta aqui o que achou.

Tags: | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *